Cromeu
Roda de sonhos
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Em tempo algum será tonta varrida
 
Não acho que tenha tédio
o tempo parado no seu coração
mesmo sendo estranho te domina
cada pensamento guarda amanhado.
                                                                                                 
Em tempo algum será tonta varrida
de jeito traquina se vê, se assenta
não lê o sentido plural do amor
escorrido no meio dos sonhos.
 
Orna em si o gosto melado na boca
alheio ao tempo negro no espaço
incursa uma nave no meio da mente.
 
Não se ajeita no decote estilista
em cada página enlaçada há vida
entrega o corpo no último tempo do conto.
Cromeu
Enviado por Cromeu em 19/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras